Os ganhos de 1% ao mês na renda fixa vão deixar saudades

Por Michael Viriato

Esqueça que até o ano passado o seu fundo DI, CDB ou Tesouro Selic rendia mais que 1% ao mês. O mercado já projeta que a rentabilidade mensal do CDI a partir do final de 2017 será de apenas 0,6% ao mês.

Essa projeção é baseada na curva de juros futura que é negociada na B3. Considerando as taxas de juros futuras negociadas para os próximos meses, é possível extrair o que o mercado espera de decisão do Comitê de Política Monetária (COPOM) nas próximas reuniões.

Estão programadas mais três reuniões do COPOM até o final de 2017. Essas reuniões ocorrerão nos dias 5 e 6 de setembro, 24 e 25 de outubro e 5 e 6 de dezembro.

Segundo a expectativa implícita nos preços de mercado, o COPOM deve reduzir a taxa básica (Selic) de 9,25% para 8,25% ao ano na sua próxima reunião, passando para 7,75% ao ano no encontro marcado para outubro e derrubando para 7,5% ao ano na última reunião de 2017.

Como a taxa do CDI é fixada levemente abaixo da taxa Selic, ela deve encerrar 2017 por volta de 7,39% ao ano, o que resulta em uma taxa mensal de aproximadamente 0,6%. Essa queda da taxa do CDI pode ser observada no gráfico acima.

Portanto, para obter retornos mais elevados, o investidor vai ter de começar a se acostumar com aplicações de prazo mais longo e com maior risco.