Essa dica vai te salvar a aposentadoria

A célebre lição do escritor americano e ganhador do prêmio Pulitzer, Tennesse Williams, se adequa bem ao problema que a maioria dos brasileiros deve enfrentar nos próximos anos:

“You can be young without money, but you can’t be old without it.”
(Você pode ser jovem sem dinheiro, mas não pode ser velho sem ele).

Segundo o IBGE, em 1991 a expectativa de vida dos brasileiros era de 66 anos. De cada cem pessoas, esperava-se que apenas 27 chegassem a 80 anos. Naquela época, dois fatos ocorriam. Primeiro, a previdência social era capaz de pagar a aposentadoria dos poucos beneficiários. E não era necessário guardar muito dinheiro para o período de aposentadoria, pois a maior probabilidade é de que ele seria breve.

No último levantamento do IBGE, em 2016, a expectativa média dos brasileiros subiu para 76 anos e de cada 100 pessoas, 50% viveriam mais de 80 anos. Mas o que isso quer dizer?

Não se iluda, a previdência social vai deixar de existir como você imagina
Você provavelmente já ouviu de seus pais que vários parentes “trabalharam até morrer”. No passado, a previdência era capaz de pagar os benefícios, pois poucos usavam e por um breve tempo. No futuro, a previdência social, na forma atual, se mostra insustentável, pois muitos desejarão utilizar e por um longo prazo. Não se iluda, o único responsável por sua aposentadoria será você. Não espere o futuro para culpar o governo, pois estou te avisando hoje.

Atualmente, a expectativa média de vida para quem chega aos 65 anos de idade é de 20 anos, ou seja, quem chega aos 65 anos, deve esperar viver até os 85 anos, podendo facilmente ultrapassá-los. Com os avanços da medicina, em dez anos vamos viver ainda mais. Portanto, quem tem 40 anos, deve esperar viver pelo menos até os 90 anos com uma boa probabilidade de chegar aos 100 anos. Ou seja, mais de 30% de sua vida será em um momento em que sua capacidade de formação e acumulação de riqueza está se esgotando.

Talvez tenha ouvido sugestões para poupar 10% do que ganha para a aposentadoria e normalmente, pensamos em trabalhar dos 25 aos 55 anos e em seguida nos aposentar. Para quem acha que essa fórmula funciona, o professor John Shoven da Universidade Stanford ensina:

“Não é realista financiar uma aposentadoria por 30 anos, com 30 anos de trabalho. Assim como, não se deve imaginar que é possível reservar 10% de sua renda para financiar uma aposentadoria tão longa”.

O que será necessário fazer?
Se você é como a média das pessoas, está atrasado na proteção de sua aposentadoria. Já se imagine trabalhando até mais de 65 anos. Não se preocupe, a medicina vai permitir, mas o primeiro passo é cuidar melhor de sua saúde física para que ao chegar nessa idade esteja mais preparado.

Como alerta o professor Shoven, você vai precisar poupar mais de 10% de sua renda. Portanto, realize um planejamento para calcular o percentual necessário.

Com a queda das taxas de juros, vai precisar mudar a alocação de seus investimentos. Será necessário alongar o prazo das aplicações, assim como elevar o risco de seu portfólio. Veja algumas dicas que escrevi.

Embora viver mais pareça ser um grande benefício, se não mudarmos rapidamente nossos hábitos de investimento, muitos vão entender a lição de Williams na prática.