Como investir em renda fixa no atual cenário de taxas mais baixas

Com a queda da taxa Selic para 6,75% ao ano, o CDI, que é base para remuneração para a maioria dos investimentos de renda fixa, passou a render apenas 0,54% ao mês (6,64% ao ano). A velocidade da queda dos juros surpreendeu muitos investidores e vários ainda não conseguiram adequar seus portfólios à nova realidade […]

Leia Mais

Como a queda da Selic afeta sua aposentadoria?

O Comitê de Política Monetária (COPOM) reduziu mais uma vez a taxa básica de juros Selic para seu mínimo histórico de 6,75% ao ano. O patamar atual dessa taxa terá impacto relevante na aposentadoria dos brasileiros. Esse impacto é ainda mais relevante, pois a maior parte dos investidores aplica suas economias de forma conservadora, tanto […]

Leia Mais

O resultado de janeiro de 2018 foi similar a janeiro de 2017. Vamos repetir o ano?

Se comparar a variação dos ativos em janeiro de 2018 com o mesmo período do ano passado, surpreendentemente, verá que os resultados são similares. O dólar, por exemplo, teve a mesma variação negativa e se destacou como pior investimento nos dois meses. Aposto que está curioso para saber como foi fevereiro do ano passado e […]

Leia Mais

A vida do Investidor conservador vai ficar mais difícil

Há exatos vinte anos (19/01/1998), a taxa DI ou o CDI como é comumente conhecida era de 37,5% ao ano, ou seja, bem superior à taxa DI atual de 6,89% ao ano. Essa taxa de 6,89% ao ano equivale a um retorno médio de 0,56% ao mês, ou seja, um investimento de R$100 mil renderá […]

Leia Mais

Marcação de títulos a mercado ou na curva; como isso afeta seu portfólio?

Investidores que possuíam títulos referenciados a IPCA marcados na curva, observaram em 2017, um retorno pior que aqueles marcados a mercado. Esse fato, faz com que se imagine que a marcação a mercado dos títulos sempre produza uma rentabilidade maior. Entretanto, a vantagem no curto prazo que a marcação a mercado teve foi apenas uma […]

Leia Mais

Gestor afirma que ações devem subir: saiba como ganhar com isso

Se você acha que a bolsa subiu muito nos últimos dois anos, vai se surpreender com o desempenho do fundo do qual Gustavo Vechiato Maziero faz parte da equipe de gestão. O fundo sob gestão da equipe da Neo Investimentos, conjuntamente com Maziero, se valorizou mais do que o dobro do Ibovespa nos últimos dois […]

Leia Mais

Onde investir em 2018

Revertendo o espaço perdido nos meses anteriores, no mês de dezembro o mercado financeiro no Brasil acompanhou o bom humor internacional. O mês de dezembro foi um reflexo do comportamento do ano, ou seja, um período com forte volatilidade, mas em que os mercados de risco apresentaram valorização que compensou este risco. O ano de […]

Leia Mais

O FGC pode mudar, mas isso é bom para o pequeno investidor

Os depósitos à vista e outros produtos bancários como poupança, CDB, LCA, LCI, LH, LC e LI possuem garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Essa garantia é limitada a R$250 mil por emissor e por CPF. Mas ela não tem um limite geral, ou seja, não existe um limite para a soma de todos […]

Leia Mais

O que fazer com a queda da taxa Selic?

O Comitê de Política Monetária (COPOM) reduziu ontem a taxa básica de juros Selic para seu mínimo histórico de 7% ao ano. Entretanto, ainda não estamos com os juros reais (juros acima da inflação) na mínima histórica. Portanto, novas quedas ainda são possíveis. Nesse sentido, descrevo abaixo algumas dicas sobre o que fazer com seus […]

Leia Mais